fbpx
Administração
Para ajudar a cuidar da gestão do seu negócio.
Campanhas
Conteúdos de campanhas do Hybank.
Contabilidade
Entenda mais sobre finanças.
Geral
Outros temas para o microempreendedor.
Marketing
Dicas incríveis para o visual do seu negócio.
Pix
Novo meio de pagamentos para bancos no Brasil.
Regras de negócio
Dicas gerais para empreender melhor.
Vendas
Alavanque suas vendas com essas dicas.

Os pequenos negócios e as tendências para 2021

Veja quais são as tendências para 2021 relacionadas ao consumo e à economia e em quais negócios você pode apostar no próximo ano.

11 MIN LEITURA
30 DECEMBER 2020

O ano de 2020 foi marcado pela pandemia do novo coronavírus e esse cenário impactou muito nos negócios de microempreendedores, negativa e positivamente. Agora o que você deve quer saber  é quais são as tendências para 2021 relacionadas aos pequenos negócios.

Imagem de GIPHY.

De imediato, o que podemos dizer é que uma das principais tendências para o próximo ano continuará sendo o investimento nas ferramentas digitais, que facilitaram muito os empreendimentos em 2020.

Ter uma loja virtual e estar presente nas redes sociais, por exemplo, será essencial para que as vendas cresçam e seu negócio não fique para trás. A transformação digital é a palavra-chave para superar a crise.

As tendências para 2021 relacionadas ao consumo

Antes de pensarmos em como vender e quais estratégias adotar para o próximo ano, precisamos analisar como será o comportamento dos consumidores, afinal, são eles que farão o seu negócio acontecer de fato.

As questões ligadas à sustentabilidade continuarão em alta, fazendo com que o consumidor busque marcas que estejam ligadas a essa causa e que ofereçam produtos mais duradouros, com preços justos e que possuam uma linha de produção mais sustentável.

Outro traço desse comportamento está relacionado à busca pela verdade. Isso quer dizer que as pessoas estão mais atentas às comunicações de cada negócio, checando se os fatos são verdadeiros.

Para lidar com isso, é preciso que as estratégias de comunicação passem por uma rigorosa checagem dos fatos, ou seja, antes de comunicar algo é preciso se informar de que aquilo é verídico.

A desinformação e as famosas fake news devem passar bem longe da sua marca para que se crie uma relação de confiança com o consumidor.

A experiência do consumidor

Além dos pontos que trouxemos acima, sobre o consumidor estar mais preocupado com questões de sustentabilidade e de veracidade das informações, há outro ponto muito importante que você deve levar em conta: a experiência.

Com a maioria dos negócios atuando no digital, a personalização da experiência do cliente pode ter ficado um pouco mais difícil. Em lojas físicas, por exemplo, é possível implementar ações que tornam a compra do cliente agradável do início ao fim. Mas e no digital?

Alguns pequenos cuidados podem alavancar suas vendas e melhorar a experiência de compra dos seus clientes. Por exemplo:

  • Utilização de chats: ter um canal para uma conversa mais direta com os clientes é uma forte tendência que pode ajudar muito o seu negócio. O WhatsApp Business, por exemplo, é uma ótima ferramenta de vendas e comunicação com essas pessoas. 
  • Marketing de conteúdo: para conseguir engajar os clientes no meio digital é preciso oferecer conteúdos personalizados e exclusivos. Portanto, traçar uma estratégia para que esses clientes tenham acesso a conteúdos únicos é um grande diferencial. Você pode, por exemplo, planejar transmissões ao vivo (as famosas lives) com assuntos relevantes para os seus públicos.

As tendências para 2021 relacionadas à economia

Ao voltarmos os olhos para a economia, avaliando o contexto digital em que estamos inseridos, a tendência é que ela esteja bastante relacionada à transformação digital dos negócios.

Por isso, devemos ficar atentos às tendências da economia, pois ela aponta um rumo provável da tecnologia e do comportamento de consumo dos clientes. Veja agora algumas das principais tendências para 2021 no que tange a economia:

  • Aumento do e-commerce: as pesquisas mostram que as compras e vendas online tiveram um grande crescimento em 2020, ocasionado pelo fechamento das lojas físicas com o objetivo de conter a pandemia. Diante do prolongamento dos protocolos de prevenção à COVID-19 e das facilidades que o e-commerce proporciona para comerciantes e consumidores, a tendência é que as compras online aumentem ainda mais em 2021.
  • Economia colaborativa: ligada ao comportamento mais sustentável do consumidor, a economia colaborativa ou de compartilhamento consiste em compartilhar bens e serviços ao invés de adquirir novos. Aluguel, trocas, empréstimos e doações de bens e serviços continuarão em alta. Além de uma tendência econômica, esse é um modo de vida que muitos consumidores estão adotando, baseado no consumo sustentável. Alguns empreendimentos já se criam nessa linha, como é o caso do Airbnb, no ramo de turismo e hotelaria, e do Car Sharing no transporte urbano.
  • Produtos artesanais: a produção e a venda de produtos artesanais é uma grande tendência para o próximo ano. Cervejas, sabonetes, roupas, móveis e outros estão ganhando cada vez mais os consumidores que procuram por bens personalizados e exclusivos. Alooo microempreendedores, esse é o nosso ano!
Imagem de GIPHY.
  • Pagamentos e recebimentos digitais: os pagamentos e recebimentos via internet e aplicativos são uma forte tendência, principalmente para quem é MEI. As transferências de dinheiro em tempo real se tornarão cada vez mais comuns, isso porque foi lançado recentemente o PIX, que possibilita que essas transferências sejam feitas a qualquer hora do dia e em qualquer dia da semana.
  • Avanço do virtual: as novas experiências que surgiram no contexto da pandemia continuarão avançando e fortalecendo o consumo virtual. Por exemplo as consultas médicas, a educação e ensino e as atividades de bem-estar e lazer que são realizadas inteiramente de forma online através de canais digitais e plataformas de streaming. Portanto, reforçamos a importância da presença de empresas no meio digital.

O Sebrae divulgou na metade de 2020 um guia de tendências 2020-2021, pensando em trazer as tendências mais relevantes para cada perfil e necessidade dentro deste contexto de pandemia. O guia está disponível para leitura aqui.

Negócios para apostar em 2021

Para você que está pensando em abrir seu próprio negócio no próximo ano e quer saber em quais segmentos deve apostar, nós separamos 3 tendências de negócios para investir em 2021, segundo o Sebrae.

Mercado PET

Uma pesquisa do IBGE mostra que há mais de 139 milhões de animais de estimação no Brasil, compreendidos entre cães, gatos, peixes, répteis e outros mamíferos de pequeno porte. 

A maioria desses bichinhos não são apenas animais domesticados, mas fazem parte da família de seus tutores. Por isso, o mercado pet oferece diversas oportunidades de negócios em diferentes níveis de especialização. Veja algumas das possibilidades:

  • Hotéis para animais ou para os donos visitarem com seus bichinhos;
  • Creches para os pets;
  • Fornecimento de produtos e serviços focados em animais exóticos;
  • Alimentação saudável para pets.

Vida saudável

O número de pessoas que busca uma vida mais saudável não para de crescer. Com isso, há uma grande variedade de produtos e serviços que você pode ofertar para esse setor:

  • Alimentação saudável para entrega;
  • Congelados saudáveis para facilitar o dia a dia do cliente;
  • Comércio de produtos naturais e suplementos alimentícios;
  • Alimentação saudável planejada para crianças.

Além disso, dentro desse segmento de alimentação há outro nicho que pode ser explorado: o do veganismo, que está ganhando cada vez mais adeptos e ainda não possui muita concorrência no mercado.

Moda inclusiva

A democratização da moda está tomando conta das passarelas, o que significa que o mercado está em alta para soluções que ampliem o acesso a ela. Algumas possibilidades são:

  • Confecção e comércio de tamanhos especiais, plus size e calçados maiores;
  • Calçados ergonômicos;
  • Brechós e serviços de closet compartilhado e por assinatura.

A procura pelos brechós já estava tendo um crescimento nos últimos anos, graças ao consumo cada vez mais sustentável das pessoas. Por isso, essa é mais uma tendência de negócio promissor para 2021.

Tendências para 2021 com foco no online

Como vimos, as grandes tendências para 2021 estão ligadas a continuar criando estratégias para alavancar as vendas no meio digital. Se você ainda não está vendendo pela internet, recomendamos que comece o quanto antes.

O comércio online continuará crescendo e, mesmo que as lojas físicas voltem com toda a força em um momento pós pandemia, a estratégia dos empreendedores deverá ser phygital e omnichannel, ou seja, estar presente no físico mas também no digital, oferecendo seus produtos e serviços em diferentes canais.

Compartilhe este artigo em:
Post anterior
Próximo post
Controle financeiro é crucial para pequenos negócios
Conta digital PJ gratuita: a melhor opção para empreender
E-mail inscrito com sucesso!
Ficamos felizes que queira receber nossas novidades. Acompanhe pelo seu e-mail novas postagens e notícias do blog.
Mensagem enviada com sucesso!
Agradecemos o envio da sugestão e com certeza levaremos em consideração para criar novos conteúdos para o blog.